CMPorto

Câmara do Porto quer indemnizar mais 23 comerciantes afetados pelas obras na Fernão de Magalhães

Câmara do Porto quer indemnizar mais 23 comerciantes afetados pelas obras na Fernão de Magalhães

Depois de aprovar a indemnização a 22 estabelecimentos comerciais afetados pelas obras em curso na Avenida Fernão Magalhães, a Câmara Municipal do Porto, à semelhança do que já havia sido anunciado, pretende indemnizar um novo grupo de comerciantes. No total, serão 23 os comerciantes a indemnizar, num valor próximo de 278 mil euros.

Segundo adianta o Porto., o novo lote refere-se ao grupo de comerciantes englobados na “fase C” da obra, correspondente ao topo norte da Avenida de Fernão de Magalhães. “Dos 23 estabelecimentos comerciais, para os quais está consignado o valor global de 277.910,31 euros, há dois que, embora enquadrados no grupo anterior, tardaram a apresentar toda a documentação necessária, e que, por esse motivo, transitaram para esta fase”, explica.

A proposta em causa será votada na próxima reunião do executivo, agendada para segunda-feira, 14 de junho.
Com esta nova tranche, a Câmara Municipal disponibilizará uma indemnização de cerca de 600 mil euros a 45 estabelecimentos da Avenida Fernão de Magalhães. Contudo, a autarquia “não exclui a avaliação de novos processos junto de outros comerciantes da Avenida”, refere.

Recorde-se que as obras de requalificação na Avenida de Fernão de Magalhães visam a criação de um corredor BUS de alta qualidade, correspondendo a um investimento municipal de cerca de 5,3 milhões de euros.

Os trabalhos dividem-se em várias fases e abarcam toda a extensão da avenida, desde o Campo de 24 de Agosto até à Praça de Francisco Sá Carneiro (Praça de Velásquez).

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/este-verao-a-sabe-bem-viaja-ate-ao-algarve/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=140721-ta5&utm_campaign=sabebem62

Viva! no Instagram. Siga-nos.