PUB
PD-Bairro Feliz

Câmara do Porto não vai candidatar-se a jogos do Euro2020

Câmara do Porto não vai candidatar-se a jogos do Euro2020

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
Autarquia afirmou “não ver garantido retorno mínimo para a cidade”.

A Câmara Municipal do Porto anunciou que não vai candidatar-se à realização de jogos do Campeonato da Europa de futebol de 2020, por “não ver garantido retorno mínimo para a cidade”. Em declarações à Lusa, a autarquia, presidida pelo independente Rui Moreira, explicou que, “tratando-se de um modelo de campeonato em tudo diferente dos anteriores e não estando definidas as seleções que disputariam um número muito limitado de jogos no Estádio do Dragão (único na cidade do Porto que cumpre os critérios estabelecidos pela UEFA), resulta também indefinido qual o retorno potencial para a cidade”. De acordo com o comunicado divulgado, “o que estava proposto ao Porto seria receber um número muito reduzido de jogos, de um grupo, não estando garantido qualquer jogo da seleção portuguesa e não podendo o Estádio do Dragão aceder aos jogos das fases mais adiantadas da prova, devido à sua lotação”. Além disso – acrescenta a Câmara portuense – “face ao alargamento do número de países na primeira fase da competição, nem sequer estava garantido que o jogo ou jogos a disputar no Porto fossem os mais interessantes, quer do ponto de vista desportivo, quer do ponto de vista da promoção externa da cidade nos mercados de maior interesse turístico”.
De recordar que, na sexta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou ter prolongado até 21 de abril o prazo dado às câmaras municipais de Lisboa e Porto para a entrega de candidaturas à realização de algumas partidas do Campeonato da Europa de 2020.

PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem