Santander Escolhas 2

Câmara do Porto debate hoje o futuro da empresa Águas do Porto

A privatização da Águas do Porto, aprovada em novembro com votos contra da oposição, volta, assim, a ser questionada esta terça-feira, com a proposta da CDU de abandono do processo.
Com as receitas da privatização parcial da Águas do Porto, da venda do Silo-Auto por pelo menos 10,1 milhões (sendo que a hasta pública realizada em janeiro ficou deserta) e da concessão do estacionamento na via pública, por mais de 31 milhões de euros, Rui Rio pretendia apostar na requalificação do Pavilhão Rosa Mota e do Mercado do Bolhão, projetos cujo investimento deverá corresponder a mais de 55 milhões de euros.
PUB
www.pingodoce.pt/produtos/comida-fresca-takeaway/encomendas/menu-seleccao-do-chef/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_campaign=menuchef