PUB
Recheio 2024 Institucional

Câmara de Matosinhos cria espaço para acolher matilhas

Câmara de Matosinhos cria espaço para acolher matilhas

A Câmara Municipal de Matosinhos está a construir, junto às instalações do Centro de Recolha Oficial de Animais de Matosinhos (CROAM) um parque para acolher matilhas que atualmente vagueiam pelo concelho. “O terreno, amplo e com vegetação, terá alojamentos de simples construção, com sombras e abrigos para estes animais”, indica a autarquia, explicando que estes “serão diariamente cuidados e vigiados pelas equipas de tratadores do CROAM e por voluntários”.

O aparecimento de matilhas, fruto das alterações legais e crescente abandono de animais, é um “fator de preocupação” para a autarquia, motivo pelo qual tomou a decisão de ampliar este centro de recolha local, atualmente com capacidade para alojar 150 cães e 30 gatos e que se encontra completamente lotado.

A estratégia da Câmara Municipal de Matosinhos assenta, por um lado, no incentivo da adoção, com a oferta de vacinação, desparasitação e de todos os cuidados dos animais à sua responsabilidade, e na criação de condições para os animais abandonados, tendo, para o efeito, assinado um conjunto de protocolos de cooperação com sete centros de atendimento médicos-veterinários do concelho, que permitem descontos em consultas, vacinação e cirurgias.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Para retirar os animais assilvestrados da rua, a autarquia conta com a colaboração “de um grupo de cuidadores que, diariamente, assegura todas as necessidades básicas dos animais, como abrigos e alimentação, criando relações de confiança importantes no processo de captura”. Estes cuidadores continuarão a exercer essas funções no parque destinado às matilhas, numa solução que começará a ser testado já em setembro, lê-se na nota de imprensa enviada à VIVA!.

Além dos cães, a autarquia tem, também, uma estratégia para os chamados “gatos de rua”, tendo sido implementado o programa CED- Capturar- Esterilizar- Devolver, numa cooperação com quatro associações de defesa animal- associação MIDAS, associação MIACIS, associação ANIMAIS DE RUA e associação CAUSA DE CAUDAS.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile