PUB
Recheio 2024 Institucional

Câmara de Gaia investe em mobilidade sustentável, com aquisição de bicicletas elétricas

Câmara de Gaia investe em mobilidade sustentável, com aquisição de bicicletas elétricas

A Câmara Municipal de Gaia anunciou o seu novo projeto de promoção da mobilidade sustentável, visando a aquisição de vinte bicicletas elétricas para uso dos seus funcionários em deslocações de âmbito laboral. Este projeto, que tem um orçamento estimado de 44 mil euros, tem como objetivo central incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte eficiente e benéfico para o ambiente.

A iniciativa pretende sensibilizar os funcionários do Município para uma melhoria das condições de mobilidade suave, proporcionando-lhes alternativas viáveis para as suas deslocações no âmbito laboral. Ao optar pela bicicleta elétrica, a autarquia pretende promover a eficiência e autonomia deste meio de transporte, bem como “resistir” aos declives, que muitas vezes fazem da bicicleta um meio de locomoção pouco apelativo.

Além dos benefícios ambientais evidentes, a Câmara Municipal de Gaia está consciente de que a bicicleta ocupa consideravelmente menos espaço do que os automóveis, o que contribuirá para melhorar a fluidez do tráfego e minimizar os problemas de estacionamento na cidade.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

A aquisição das bicicletas elétricas incluirá características importantes, como alforges laterais duplos e sistemas de antirroubo, num investimento total de 44,2 mil euros. Para tornar este projeto uma realidade, a autarquia apresentou uma candidatura ao programa “Apoio à Promoção da Mobilidade Alternativa na Administração”, no âmbito do Fundo para o Serviço Público de Transporte, gerido pelo Instituto de Mobilidade e Transportes. Este programa visa encorajar os serviços públicos a adquirir frotas de bicicletas para utilização própria, alinhadas com a Estratégia Nacional para a Mobilidade Ativa Ciclável 2020-2030.

Com esta iniciativa, a Câmara Municipal de Gaia reforça o seu compromisso com a sustentabilidade ambiental, contribuindo para uma mobilidade mais saudável e ecológica, ao mesmo tempo que reduz a pegada ecológica na cidade. As entidades beneficiárias incluem não só os municípios, mas também as comunidades intermunicipais, estabelecimentos de ensino, equipamentos de saúde e outros serviços públicos, bem como entidades gestoras de frotas de bicicletas para uso público. A medida representa um passo significativo em direção a um futuro mais sustentável para Vila Nova de Gaia.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz