PUB
Recheio 2024 Institucional

Câmara garante postos de trabalho nas Águas de Gaia

Câmara garante postos de trabalho nas Águas de Gaia
Vítor Rodrigues anunciou hoje que está a trabalhar na “salvação” da empresa Águas de Gaia que em 2013 registou um prejuízo de 3,8 milhões de euros, mas garantiu que os postos de trabalho são “intocáveis”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

No discurso da cerimónia de hasteamento da Bandeira Azul na praia de Canide Norte, o presidente da câmara de Gaia revelou que as Águas de Gaia registaram em 2013 um passivo de 3,8 milhões de euros.
O autarca de Gaia garantiu, no entanto, que “os trabalhadores estão completamente salvos. Não haverá redução nenhuma. Nas Águas [de Gaia] não há um único posto de trabalho em risco. Há é uma reestruturação a ser feita”.
“Temos de fazer um esforço para salvar as Águas de Gaia e o Parque Biológico. Salvar os postos de trabalho. Esses são intocáveis. Salvar o serviço público. Salvar a âncora de um recurso fundamental, a água, em Gaia”, afirmou Vítor Rodrigues.
Eduardo Vítor Rodrigues explicou que os 3,8 milhões correspondem a um “prejuízo da operação” referente ao ano passado, sendo que o passivo total da empresa ronda os 90 milhões. Acrescentou ainda que está a ser feita uma auditoria a fim de apurar explicações para o facto de 2013 ter sido o único ano em que se registou prejuízo na empresa. Dado que quando as empresas municipais apresentam prejuízo três anos consecutivos são extintas automaticamente e após dois anos de passivo existe a obrigatoriedade de integrar o passivo na câmara, o autarca quer evitar essas situações e espera conseguir “chegar ao final do ano com uma situação próxima do zero”.
“Em 2014, estão a ser feitas alterações radicais nas Águas até do ponto de vista do modelo de funcionamento. Estou convencido que conseguirei evitar o passivo em 2014. Estamos a reorientar as Águas de Gaia para aquilo que é o seu serviço fundamental que é a água”, disse o autarca, acrescentando ainda que “privatizar [a Águas de Gaia e o Parque Biológico de Gaia] está fora de hipótese”.

PUBLICIDADE

PUB
Prémio Literatura Infantil Pingo Doce