PUB
Prémio Literatura Infantil Pingo Doce

Calçado português reforça aposta na promoção internacional

Calçado português reforça aposta na promoção internacional
O setor do calçado vai investir 20 milhões de euros em ações de promoção internacional.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Em 2014 e 2015, o setor português do calçado vai investir 20 milhões de euros em ações de promoção internacional, com o objetivo de transformar a indústria numa das “mais sofisticadas” a nível mundial. De acordo com o diretor executivo da Associação Portuguesa dos Industriais do Calçado, Componentes, Artigos de Pele e Seus Sucedâneos (APICCAPS), João Maia, 90% deste investimento destina-se à participação em feiras internacionais do setor. O apoio no desenvolvimento dos planos de comunicação empresarial de 50 empresas portuguesas de calçado também surge contemplado nas novas ações promocionais.
Segundo avançou o diretor de comunicação da APICCAPS, Paulo Gonçalves, “amplificar muito a imagem do setor” – que pretende duplicar, até 2025, os 1.200 milhões de euros de exportações registados em 2010 – é o objetivo do projeto. Só no mês de março, Portugal vai estar representado em 20 feiras de calçado de todo o mundo, para poder chegar a “mais de 100 mil importadores”.
Depois de, no Quadro de Referência Estratégica Nacional (QREN) 2007-2013, o setor do calçado ter beneficiado de um investimento de 55 milhões de euros em internacionalização, a associação diz estar a aguardar, com “algum otimismo”, o próximo quadro de apoio comunitário Portugal 2020. “O acordo de parceria estabelece como foco a produção e exportação de bens transacionáveis e vemos com muito bons olhos que assim seja”, sublinhou o diretor geral da APICCAPS, Manuel Carlos, admitindo estar confiante de que o setor “possa ser beneficiário” da nova vaga de fundos estruturais.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz