PUB
Recheio 2024 Institucional

Bombarda vai testar soluções bioclimáticas para o espaço público

Bombarda vai testar soluções bioclimáticas para o espaço público
A zona pedonal da rua de Miguel Bombarda vai ser palco de um estudo piloto que pretende avaliar a interação dos transeuntes com uma instalação efémera, cujo objetivo é ajudar a qualificar o espaço público e garantir o conforto térmico em espaços exteriores.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

A ação, desenvolvida pelo Pelouro do Ambiente da Câmara do Porto e pela PortoLazer, terá lugar no sábado à tarde, durante a última sessão de 2014 das Inaugurações Simultâneas de Bombarda.
De acordo com o comunicado da autarquia, a intervenção pretende criar um momento de paragem a quem visitar o evento, transformando uma área de pouco mais de 10m2 num “espaço de estar”, de conceção bioclimática, no topo oeste da Rua Miguel Bombarda.
Além do estúdio Still [urban design], responsável pela conceção e desenho do projeto, participaram nesta intervenção uma equipa de arquitetos, urbanistas, um biólogo, um designer e técnicos de jardinagem.
“O objetivo é que os transeuntes possam usufruir de um espaço de sombra e proteção face ao vento e, eventualmente, à chuva, numa intervenção que cruzará espécies vegetais em unidades móveis, previamente plantadas nos viveiros municipais da Câmara do Porto, com elementos de mobiliário urbano em cartão”, diz o comunicado, que acrescenta ainda que no futuro, “o desafio é replicar este projeto a uma praça da cidade do Porto”.
“Utilizando a cidade como laboratório vivo, o objetivo é assegurar o uso e significado dos espaços públicos como palcos de interação social, atenuando extremos climáticos durante o verão e o inverno, reduzindo custos de manutenção e potenciando o seu uso durante todo o ano”, conclui.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem