PUB
Junta da Galiza

Boavista responsabiliza árbitro pelo adiamento do jogo com Freamunde

Boavista responsabiliza árbitro pelo adiamento do jogo com Freamunde
O Boavista FC informou, este domingo, que o desafio com o Freamunde, do Campeonato Nacional de seniores de futebol, não se realizou por recusa do árbitro, face à ausência da Polícia de Segurança Pública (PSP) no recinto.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

“O jogo entre a Boavista Futebol Clube, Futebol SAD e o S.C. Freamunde não se realizou na data e na hora prevista, dado que, o árbitro designado para o jogo, Pedro Vilaça, da A.F. Porto, se recusou a dirigir o encontro, por não estar presente a PSP”, informaram os “axadrezados”, em comunicado, após o adiamento do encontro da segunda jornada da Série C.
O clube “axadrezado” recordou que “a legislação em vigor não exige a presença da PSP” e assumiu que “a Boavista SAD tudo fez para que o jogo se realizasse”, incluindo tentar recrutar um árbitro na bancada, solução à qual os visitantes se opuseram.
Ao longo desta segunda-feira, o conselho de administração da SAD “axadrezada” vai reunir “para tornar pública uma posição detalhada”. “Muito embora não tenha qualquer responsabilidade pelo sucedido, a Boavista SAD solicita a compreensão dos sócios e adeptos do clube, que naturalmente serão compensados de forma que será oportunamente comunicada”, conclui o curto comunicado.
Este domingo, sucedeu o mesmo no encontro entre Alcanenense e Lourinhanense, da Série F, que também não se realizou por falta de policiamento.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile