PUB
Recheio 2024 Profissional

Bloco de Esquerda vai pedir impugnação de 11 candidaturas

Bloco de Esquerda vai pedir impugnação de 11 candidaturas
No Porto, o BE vai pedir a impugnação da candidatura de Luís Filipe Menezes. O número 2 da lista do social-democrata à autarquia portuense desvaloriza a decisão do Bloco de Esquerda, afirmando tratar-se de uma “posição isolada”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

O Bloco de Esquerda (BE) anunciou esta terça-feira que vai apresentar pedidos de impugnação de 11 candidaturas autárquicas no âmbito da lei de limitação de mandatos, entre as quais as de Luís Filipe Menezes e de Fernando Seara. Em entrevista à Lusa, o coordenador autárquico do BE, Pedro Soares, informou que vão ser entregues pedidos de impugnação de candidaturas nos concelhos de Alcácer do Sal, Aveiro, Beja (dois candidatos), Castro Marim, Évora, Guarda, Lisboa, Loures, Porto e Tavira. Tal como esclareceu Pedro Soares, se o pedido de impugnação for rejeitado, é possível realizar ainda uma reclamação, também junto do tribunal da respetiva comarca, seguindo-se, em última instância, um eventual recurso para o Tribunal Constitucional, que terá dez dias para decidir.
Na cidade do Porto, o Bloco de Esquerda vai pedir em tribunal a impugnação da candidatura de Luís Filipe Menezes (PSD), há 16 anos na Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia. Contactado pela Lusa, o número 2 da lista de Menezes à autarquia portuense, o advogado Amorim Pereira, desvalorizou a decisão do BE, afirmando tratar-se de uma “posição isolada”. É o único partido que entende que não pode haver este tipo de candidaturas. O Partido Socialista, o Partido Social Democrata, o Partido Comunista são unânimes no sentido de que essas candidaturas são permitidas. Já se conhece que o Bloco de Esquerda normalmente tem este tipo de posições de algum radicalismo e individualismo. Ficam quase sempre a falar sós”, salientou.

PUBLICIDADE