PUB
Sogrape - Mateus Rosé

Blaya e GNR nas Festas do Senhor de Matosinhos

Blaya e GNR nas Festas do Senhor de Matosinhos

Considerada a maior romaria do Norte do país, as Festas do Senhor de Matosinhos realizam-se de 24 de maio a 16 de junho e o cartaz deste ano tem várias atrações: Blaya, GNR, fogo de artifício, congresso internacional e muito mais…

Matosinhos vai ser invadido por “doses consideráveis de festa, música para todos os gostos e muita animação” e não vão faltar motivos para visitar a cidade de 24 de maio a 16 de junho.

O cartaz das Festas do Senhor de Matosinhos deste ano contempla várias atrações e pontos altos. Destaque para os concertos de Blaya e dos GNR com a Banda de Música Matosinhos-Leça nos Jardins da Biblioteca Municipal Florbela Espanca, nos dias 9 e 10 de junho respetivamente.

O programa da romaria contará ainda com artistas locais, incluindo os grupos de bombos e zés pereiras, ranchos folclóricos, grupos de cavaquinhos e fadistas. De assinalar também a música de Câmara com solistas da Orquestra Barroca da Casa da Música, na Igreja do Bom Jesus de Matosinhos, o concerto do Coro Ensemble Vocal Pro Music, no adro da Igreja, e os já habituais encontros de tunas e o festival de folclore.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Uma das novidades deste ano é a realização de um Congresso Internacional sobre o Bom Jesus de Matosinhos. O certame, que decorrerá de 11 a 13 de junho, no Salão Nobre da Câmara Municipal, incluirá a apresentação de comunicações relacionadas com a imagem do Bom Jesus de Matosinhos, visitas, e o lançamento do livro das festas “Senhor de Matosinhos – Lendas, História e Património”, da autoria de Joel Cleto.

De 1 de junho a 31 agosto, a Galeria da Biblioteca Municipal Florbela Espanca terá patente a exposição de Cunha e Silva “No Reino do Cavaleiro Cayo Carpo”.

O fogo de artifício está marcado para as 24h do dia 8 de junho, prometendo atrair milhares de pessoas à cidade. O fogo de bonecos, “uma tradição pirotécnica única no país”, está marcado para as 19h do feriado municipal, 11 de junho.

Como já é tradição, há ainda lugar para a sardinha assada e as farturas, as iluminações decorativas, a procissão solene, a Feira de Artesanato e a Feira da Louça, os matraquilhos, os carrosséis, os carros de choque e os divertimentos mais radicais, “todos bons motivos para que se desloque até nós”, convida a Câmara de Matosinhos.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile