PUB
Recheio 2024 Institucional

Bispo do Porto apela ao fim do trabalho ao domingo

Bispo do Porto apela ao fim do trabalho ao domingo

D. Manuel Linda criticou, durante a homilia de domingo de Páscoa, celebrada na Sé do Porto, os “novos senhores do mundo” que obrigam os cidadãos a trabalhar ao domingo, quando este deveria ser um dia para e da família, segundo avança o Notícias ao Minuto.

“Pensemos no novo esclavagismo da laboração contínua, legalmente imposta pelos novos senhores do mundo que dominam a economia e, por esta, os governo”, alertou, garantindo que os “critérios de turnos” existem em “setores onde, para além da ganância, nada os justifica”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

“O mesmo se diga da abertura dos supermercados e dos centros comerciais ao domingo, expressão de um certo subdesenvolvimento humano e mesmo económico”, acusou, ainda, lembrando que os “países mais ricos não abrem supermercados ao domingo”.

As críticas de D. Manuel Linda foram dirigidas ao sistema económico, que obriga a que se trabalhe do domingo, o que além de causar “graves transtornos psicológicos ao trabalhador”, acredita, também, levar ao “fracionamento dos encontros familiares”.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile