PUB
CIN - Branco Perfeito

Banhistas já podem voltar à praia do Aterro em Matosinhos

Banhistas já podem voltar à praia do Aterro em Matosinhos

As análises à água da praia do Aterro, em Matosinhos, não revelaram “indício de poluição”.

Desde segunda-feira que estavam desaconselhados os banhos na praia do Aterro devido ao aparecimento de um “foco de poluição”. No entanto, esta quarta-feira, o comandante da Capitania dos Portos do Douro e Leixões referiu que a água não está contaminada.

“As análises à água, cujos resultados foram hoje [quarta-feira] conhecidos, estão compatíveis com o uso balnear, não havendo indício de poluição. Por isso, o desaconselhamento a banhos foi levantado”, afirmou Cruz Martins, citado pelo Sapo 24.

De recordar que, na segunda-feira, foi detetado um “foco de poluição” no areal entre as praias do Cabo do Mundo e do Aterro, nomeadamente numa zona não balnear, em Matosinhos.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

A Polícia Marítima recolheu amostras do produto poluente e da possível fonte de poluição para as diligências necessárias.

Também a Associação Portuguesa do Ambiente recolheu amostras de água do mar para análise, tendo desaconselhado os banhos nesta praia até os seus resultados serem conhecidos.

Na terça-feira, a presidente da Câmara de Matosinhos, Luísa Salgueiro, revelou ao Jornal de Notícias que a solução para evitar esta situação poderá passar pela construção de uma subestação elevatória que drene o que está no interior da estação e evite que chegue ao exterior.

No entanto, esta solução é “complexa” e exige um estudo técnico que garanta a sua eficácia, tendo a empresa Indaqua, que explora os serviços municipais de distribuição de água e recolha e tratamento de água residuais no concelho, mostrado disponibilidade para fazer esse investimento.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz