PUB
Recheio 2024 Profissional

Autor portuense ganha prémio internacional de cinema

Autor portuense ganha prémio internacional de cinema

Duas obras do autor portuense Pedro Gil de Vasconcelos foram premiadas na cerimónia de entrega dos prémios da Swedish Academy of Motion Pictures, que teve lugar em Alstermo, na Suécia. “The Great Dorito”, como Melhor Argumento para Longa Metragem, Escolha da Crítica e “O Nosso Caminho”, como Menção Honrosa de melhor filme de smartphone, sendo este último o mais galardoado, com 13 prémios, incluindo as mais recentes vitórias em Hollywood e Nova Iorque.

De acordo com o comunicado enviado à VIVA!, “O Nosso Caminho” é um documentário que retrata uma peregrinação a pé, entre Vila Nova de Gaia e Santiago de Compostela, caminho recentemente certificado pelo governo. O filme aborda os “encontros com a história e com as lendas, mas sobretudo com outros que decidiram também cumprir a mesma caminhada”, e explora “as motivações para quem, nos dias de hoje, decide peregrinar até à capital da Galiza”.

Já “The Great Dorito”, é um argumento para uma longa-metragem de comédia, que desenvolve-se em torno de uma herança, “com um final, no mínimo inesperado”. “A escrita ocupa um lugar cada vez mais importante na minha carreira. «The Great Dorito» foi escrito no inverno passado e entendi que tê-lo a participar em festivais lhe poderia dar a notoriedade, que lhe permita ir mais longe do que ser apenas uma boa ideia”, afirma o autor, recordando que “este foi o oitavo prémio conquistado por este argumento, desde março passado”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Ao todo, o autor soma 40 prémios arrecadados por estes e outras obras, como “The Magic Is Lost”, um “micro” documentário com “um ponto de vista muito crítico sobre o turismo de massa”. Gravado na Turquia, em outubro de 2022, conta com dez premiações em festivais como Melbourne, Rio de janeiro ou Singapura, entre outros.

“Neste momento tenho já em pré-produção um micro documentário comercial e um outro, sobre uma instituição do Porto, já desaparecida, mas que fez parte integrante do tecido social e económico da cidade, durante quase todo o século passado”, avança Pedro Gil de Vasconcelos, segundo a mesma fonte.

Foto: Completa Mente – Comunicação e Eventos

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile