PUB
Recheio 2024 Profissional

Autarquia portuense quer programador para Rivoli e Campo Alegre por três anos

Apostar numa “comunicação programática entre os dois polos” e na formação “de novos públicos” é o objetivo da autarquia.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

A Câmara do Porto pretende contratar um diretor de programação para os teatros Rivoli e Campo Alegre, por três anos e 100,8 mil euros. Os termos do concurso preparado para o efeito vão ser apresentados, na terça-feira, ao executivo municipal. De acordo com a Lusa, para o teatro Rivoli está previsto um projeto de “artes performativas de origem local, nacional e internacional”, integrando “projetos multidisciplinares” em áreas como o cinema, a literatura, o pensamento e a ciência. Ocupado até outubro pela companhia Seiva Trupe, o teatro do Campo Alegre deverá ser alvo de “um projeto de ocupação temporária a nível de produção, ensaio, apresentação e pós-produção”. Além disso, a câmara quer o equipamento fique “vocacionado, ainda que não de forma exclusiva, para o apoio a projetos performativos da cidade e para residências artísticas de projetos nacionais e internacionais”. O grande objetivo da autarquia é o de estabelecer “uma comunicação programática entre os dois polos e o desenvolvimento de projetos educativos e de formação de novos públicos”.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz