PUB
Recheio 2024 Profissional

Autarquia do Porto vendeu Casa Manoel Oliveira por 1,5 milhões de euros

Autarquia do Porto vendeu Casa Manoel Oliveira por 1,5 milhões de euros

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
O imóvel, idealizado há 20 anos para acolher o espólio do realizador Manoel de Oliveira, foi esta segunda-feira vendido por 1,58 milhões de euros pela Câmara do Porto, naquela que foi a segunda hasta pública depois da primeira, em 2014, ter ficado deserta.

A Casa Manoel Oliveira, projeto do arquiteto Eduardo Souto Moura, foi vendida à Sociedade Supreme Tresures, Lda., cujo representante, o advogado Diogo Duarte Campos, não quis adiantar pormenores do negócio, invocando “dever de sigilo profissional”. Desta forma, não se sabe ainda qual o destino do imóvel.
Rui Moreira, presidente da autarquia portuense, afirmou que a venda da casa é “mais do que um alívio” porque “existia uma preocupação grande” por esta estar “ao abandono”, pelo que “além do interesse monetário” da venda, também é resolvido “um problema de reabilitação”.
“É uma casa da autoria de Souto Moura portanto tem desde logo um impacto relevante na cidade do ponto de vista arquitetónico e era um ativo que estava perdido, porque o uso para que foi concebido nunca foi concretizado e não foi com certeza por culpa da câmara municipal”, clarificou o autarca.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz