Philips

Aumento das taxas moderadoras está a afastar utentes do SNS, diz DECO

A conclusão surge no âmbito da segunda conferência do ciclo “Políticas & Consumidores”, da Associação de Defesa dos Direitos do Consumidor (DECO), sobre as principais áreas da sociedade portuguesa que mais têm sido afetadas pela crise. Durante esta quinta-feira, o debate estará centrado nos cuidados partilhados, segurança e na acessibilidade do cidadão aos cuidados de saúde.
De acordo com Ana Fialho, membro da direção da DECO, a revisão das taxas moderadoras, quer nos montantes, quer nas isenções, tem tido “algumas consequências imediatas”, nomeadamente o facto de algumas pessoas estarem a deixar de ir ao Serviço Nacional de Saúde.
A tendência é encarada pela associação com preocupação, numa altura em que defende o reforço da saúde preventiva.

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/sabe-bem-poupar-todos-os-dias/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=27012023-edicao71utm_campaign=sabebem