PUB
Prémio Literatura Infantil Pingo Doce

Até setembro “Porto Revolucionário” é mote para percursos culturais na cidade

Até setembro

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
Durante os meses de julho, agosto e setembro, e sob o tema “Porto Revolucionário”, a câmara da cidade propõe aos habitantes, e não só, um total de doze percursos culturais que permitirá descobrir uma série de acontecimentos que envolvem o Porto.

A partir de 1950, uma série de acontecimentos marcam a sociedade nacional como as eleições presidenciais de 1958, os presos políticos que se evadem, os movimentos estudantis de 1962, a guerra colonial, a emigração massiva. É assim que a cidade do Porto cresce espacialmente e surge a necessidade de implementação de planos reguladores, que a partir de 1986 passam a obrigação legal.
As novas tendências artísticas, patentes entre os portugueses no estrangeiro, têm a sua realização efetiva após a Revolução de 1974 e são favorecidas pelo desenvolvimento de instituições dedicadas à sua difusão, como museus, fundações e faculdades.
Inicialmente, os percursos culturais foram direcionados para a área do Centro Histórico do Porto, classificado desde 1996 como Património Cultural da Humanidade, alargando-se em cada trimestre a outros espaços, com a intenção e dar a conhecer e compreender a forma como foi construída a cidade ao longo dos séculos.
Com o objetivo de mostrar o património cultural da cidade, os técnicos municipais vão conduzir percursos que partem de locais associados ao tema do trimestre, desvendando objetos, documentos, ruas e espaços e revisitando múltiplas histórias reais, mas também alguns mitos.
Os bilhetes podem ser comprados em www.bilheteiraonline.pt.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz