PUB
Recheio 2024 Institucional

ASAE intensifica vigilância ao setor das carnes

ASAE intensifica vigilância ao setor das carnes

A Associação de Defesa do Consumidor aconselhou os cidadãos a não consumirem carne picada vendida a granel, uma vez que esta pode causar problemas de saúde pública. Em declarações à Lusa, o responsável da ASAE afirmou que “para corresponder a exigências comunitárias”, a associação “faz algumas dezenas de análises por ano a produtos derivados da carne – almôndegas, hambúrgueres, salsichas frescas, entre outros”. “Foi numa destas análises, que fazemos de rotina, que logo que houve os primeiros alertas europeus para a carne de cavalo detetámos carne de cavalo em Portugal e começámos a atuar no mercado”, revelou. O inspetor-geral salientou ainda que a investigação da Deco “tem que ser olhada na dimensão que é o estudo”. “Quando falamos em 34 locais e em 20 ou 25% de determinada amostra, estamos a falar em 6, 7, 8 unidades, é muito pouco para generalizarmos para todo um universo”, defendeu António Nunes. Assim, o responsável afirmou que o trabalho da Associação de Defesa do Consumidor “serve como pista, como alerta, mas não como uma conclusão definitiva sobre a matéria”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem