PUB
Sogrape - Mateus Rosé

Apenas um quarto dos portugueses se esforça para ser saudável, revela estudo

Apenas um quarto dos portugueses se esforça para ser saudável, revela estudo

Só um quarto dos portugueses está empenhado em ter um estilo de vida saudável, revela o estudo “A Saúde dos Portugueses: um BI em nome próprio”, que traça um retrato sociológico sobre a saúde em Portugal. 

“No que diz respeito ao esforço que os portugueses aplicam para serem mais saudáveis, 23% dos inquiridos revelam que gostariam de se esforçar mais para ser «saudável ou mais saudável»”, revelou o estudo, realizado no âmbito dos 25 anos da Médis. 

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Por sua vez, 25% dos inquiridos indicou que “já faz o esforço possível”, enquanto 50% considera o processo difícil, apesar de manifestar “vontade em fazer um maior esforço”. 

De acordo com os dados divulgados, a inercia (52%) será a grande responsável por não existir maior esforço. Contudo, há ainda uma percentagem significativa de portugueses (28%), que refere a “falta de tempo para cuidar de si próprio”.  
O estudo “A Saúde dos Portugueses: um BI em nome próprio” revelou ainda que apenas 13% dos portugueses inquiridos consideras que vivemos numa sociedade que exagera na pressão para se ser saudável. “38,5% considera que, não obstante o excesso, é natural que se promova demasiadamente o ser saudável; 25% dos inquiridos consideram a pressão adequada e importante e 20% que se deveriam promover ainda mais o ser saudável”, completa a nota divulgada. 

PUBLICIDADE

PUB
Prémio Literatura Infantil Pingo Doce