PUB
Sogrape - Mateus Rosé

Andante com números históricos de validações maiores que em pré-pandemia

Andante com números históricos de validações maiores que em pré-pandemia

Para quem anda de transportes públicos, o “Andante” faz parte do dia a dia. Tanto assim é que, no ano de 2023, este cartão utilizado na Área Metropolitana do Porto (AMP) atingiu um recorde de 185 milhões de validações.

De acordo com o município portuense, isso representa mais 12,2% de taxa de utilização do que em 2022. Cruzando os dados, é possível compreender que a procura pelo Andante se manifestou de várias formas.

Numa nota oficial emitida pelos Transportes Intermodais do Porto (TIP), foi possível analisar que “o aumento da procura foi mais expressivo nos passes, mais 15,9%, embora as viagens ocasionais também tenham aumentado em mais 6,4%, face a 2022” (via Lusa).

Como referido anteriormente, trata-se de um aumento significativo face ao ano de 2022. Em relação a este, houve um crescimento percentual de 12,2%, que se traduziu, em números concretos, em cerca de mais 20 milhões de validações.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Olhando para o ano de 2019, ainda no pré-pandemia, o recorde foi de 175,5 milhões de validações. Isso significa que, mesmo depois dos transtornos causados por causa do período pandémico, foi possível superar os números.

Se houve mais validações de Andante, então isso quer dizer que, previsivelmente, também a receita gerada aumentou. Neste caso, segundo a mesma fonte, atingiram-se os 118 milhões de euros, o que é mais 14,8% do que em 2022.

Posto isto, resta esperar pelos dados de 2024, para ver se o aumento dos números é uma tendência que se continua a verificar.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz