PUB
Recheio 2024 Institucional

Amigos do Coliseu juntam esforços para salvar emblemática sala portuense

Amigos do Coliseu juntam esforços para salvar emblemática sala portuense

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
Fundadores da Amigos do Coliseu vão “promover os esforços necessários à salvaguarda” daquele equipamento cultural da cidade do Porto.

Os fundadores da Associação Amigos do Coliseu decidiram esta quinta-feira “promover os esforços necessários à salvaguarda” daquele espaço cultural da cidade do Porto. Jorge Barreto Xavier, secretário de Estado da Cultura, Hermínio Loureiro, presidente do Conselho Metropolitano do Porto, e Rui Moreira, presidente da Câmara do Porto, sócios fundadores daquela estrutura, estiveram reunidos em Lisboa para discutir a situação da sala de espetáculos portuense, que atravessa, neste momento, uma grave situação financeira.
De recordar que, na sexta-feira passada, depois da assembleia-geral para apreciação e aprovação das contas relativas ao ano passado, o presidente da direção dos Amigos do Coliseu do Porto, José António Barros, alertou para o risco de encerramento daquele equipamento caso não seja encontrada uma solução de financiamento entre os sócios fundadores que dê resposta às recorrentes contas negativas. Em 2013, a associação teve um resultado negativo em cerca de 130 mil euros, em comparação com o ano anterior, sendo o passivo total de quase 400 mil euros. Em declarações à Lusa, António Ferreira da Silva, um dos membros fundadores da Amigos do Coliseu, confirmou estar a apelar, através de correio eletrónico, a “todos os amigos nortenhos do Coliseu” para que “subscrevam a quota anual de 12 euros”. Segundo frisou, o objetivo é o de conseguir recuperar antigos sócios, que, “por alteração de morada, já não pagam a quota”, e angariar novos associados. “Alguma coisa poderemos fazer pelo melhor recinto de espetáculos do país, inaugurado em 1941 e considerado pelo Governo como Monumento de Interesse Público, que tanto nos custou a manter quando o tentaram vender em 1995” à Igreja Universal do Reino de Deus, sublinhou Ferreira da Silva no email, já enviado a cerca de 100 pessoas.

PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem