PUB
Recheio 2024 Profissional

Alterado o plano de urbanização de Matosinhos Sul

A Câmara de Matosinhos aprovou, na terça-feira, com votos contra do PS e PSD, a alteração ao plano de urbanização de Matosinhos Sul, que inclui um restaurante de “fast food”, um supermercado e um hotel.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

A alteração ao plano de urbanização de Matosinhos Sul foi aprovada na reunião pública da Câmara, que contou com a liderança do vice-presidente Eduardo Pinheiro devido à ausência do presidente Guilherme Pinto. De acordo com Eduardo Pinheiro, o “grande mérito” da proposta resulta da pluralidade dos usos naquela zona do concelho.
Do lado do PSD e do PS surgiram várias críticas a estas alterações, tendo o vereador social-democrata, Pedro da Vinha Costa, considerado que esta proposta “é a inversão daquilo que deve ser o planeamento de uma cidade” e que potenciar a pluralidade não é mais do que “permitir tudo”. Do lado socialista, surgiram criticas ao facto de se estar a promover fast food (com a inclusão de um McDonald’s) e um hipermercado (‘Lidl’) em vez de se pensar em fixar o turismo local e a criação de pólos de atração turística. O vereador social-democrata defendeu, ainda, a necessidade de ser feito um “levantamento exaustivo” de todos os equipamentos coletivos do concelho que têm amianto, para que possa ser feita a erradicação desta fibra dos edifícios. Em resposta, Eduardo Pinheiro garantiu que este levantamento já está a ser efetuado e que a autarquia estima um custo de dois milhões de euros para levar a cabo a remoção, estando a aguardar para saber da parte do Governo qual poderá ser a comparticipação do poder central.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz