Revista Sabe Bem 67 - PD

Alojamento turístico do Porto está a crescer

Alojamento turístico do Porto está a crescer

Depois de um período controverso, provocado pela situação pandémica, o alojamento turístico nacional, e em concreto no Porto, dá indícios de estar a entrar, novamente, numa fase de expansão. Os números revelam que nos meses de janeiro e fevereiro, o setor do alojamento turístico na cidade registou “mais de 330 mil dormidas”, o que representa um acréscimo de “752 por cento” quando comparado com o período homólogo do ano passado.

Segundo os dados avançados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), e citados pela Câmara do Porto, em fevereiro o município registou “mais de 206 mil dormidas”, mais 81 mil do que no primeiro mês do ano. Das dormidas registadas, “mais de 58 mil corresponderam a residentes (28,2% do total), enquanto os não residentes registaram mais de 148 mil dormidas (71.8%)”.

De referir que o crescimento do turismo no Porto verificou-se também no decorrer de abril, mês em que se assinalou a Páscoa, e a ocupação hoteleira na região do Porto e Norte registou taxas de ocupação na ordem dos 95%, segundo avançou, na altura, o presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), Luís Pedro Martins.

No que respeita aos valores a nível nacional, O INE destacou um registo de “1,2 milhões de hóspedes e 2,9 milhões de dormidas em fevereiro de 2022”, no setor alojamento turístico, o que se traduz em aumentos na ordem dos 507% e 527,1%, respetivamente, quando comparado com o ano transato.

Contudo, alertou o município portuense, na nota divulgada, os níveis atingidos em fevereiro deste ano são, no entanto, inferiores aos observados no mesmo mês de 2020, quando ainda não havia efeitos da pandemia.

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=052022-peitodefrangorecheado&utm_campaign=sabordomes

Viva! no Instagram. Siga-nos.