PUB
CMPorto

Algo pode mudar no ranking da F1 com o Grand Prix de Mónaco?

Algo pode mudar no ranking da F1 com o Grand Prix de Mónaco?

Aproxima-se o Grande Prémio do Mónaco, a 7.ª etapa da temporada da Fórmula 1 de 2023. Saiba, nesta antevisão, o que esperar desta corrida.

O Grande Prémio do Mónaco é provavelmente a mais icónica e famosa corrida do calendário da Fórmula 1. Realizada nas ruas apertadas de Monte Carlo, a corrida é um desafio único para os pilotos devido às suas curvas sinuosas e estreitas. Quase um século de tradição com um circuito basicamente inalterado contribui para o carácter singular do evento.

Com o “glamour” à volta do evento e os magníficos iates no porto de Monte Carlo, o GP do Mónaco é uma experiência única tanto para os pilotos quanto para os fãs da Fórmula 1. E os entusiastas de apostas desportivas não fogem à regra. O Wetten.com auxilia a escolher a casa de apostas mais adequada para a F1; prepare-se para submeter as suas apostas para a prova monegasca!

Fonte: F1

Muita história no GP do Mónaco

A primeira corrida no Mónaco foi realizada em 1929 e, desde então, tornou-se um dos eventos mais aguardados do calendário da Fórmula 1. Apesar das críticas em anos recentes devido à impossibilidade de ultrapassar, a Liberty Media — “dona” da Fórmula 1 – não planeia abdicar de uma das suas “brands” mais fortes, principalmente num momento em que o calendário está em expansão.

Ao longo dos anos, muitos pilotos lendários conquistaram a vitória no GP de Mônaco, incluindo Ayrton Senna, Graham Hill e Michael Schumacher. Em 1984 e 1993, os fãs de apostas fariam mal em apostar contra os “dois titãs” da época; Prost e Senna venceram todos os GP realizados nesses dez anos. Senna é até hoje o piloto com mais vitórias (6) no Mónaco.

Temporada 2023: nova “era” Red Bull?

No momento em que este artigo é escrito, está por disputar o Grande Prémio da Emilia Romagna, no circuito de Imola. Contudo, os cinco primeiros grandes prémios já permitem estabelecer que:

  • A Red Bull detém uma notória superioridade sobre as restantes equipas, ao nível do que tem acontecido de forma cíclica nos últimos 40 anos (veja-se o recente período de domínio Mercedes) e tanto ou mais que no ano passado;
  • A Aston Martin tem o 2.º melhor carro, tendo permitido a Fernando Alonso fazer renascer a sua carreira em termos de sucesso no pódio, conquistando quatro pódios em cinco possíveis;
  • Max Verstappen é o claro favorito das casas de apostas para vencer o campeonato, ainda que Sergio Pérez possa dar luta ocasionalmente.

Quem poderá vencer o Grande Prémio do Mónaco 2023?

Os prognósticos de apostas não podem descartar nem Pérez, nem Alonso, apesar do favoritismo natural do bicampeão holandês em qualquer circuito.

Pérez venceu no Mónaco o ano passado e já demonstrou estar muito forte em circuitos citadinos, tendo vencido na Arábia Saudita e no Azerbaijão. É certo que as casas de apostas não preveem que ele consiga fazer como Rosberg em 2016 e bater um colega de equipa que já o tenha vencido previamente para o campeonato. Mas também ninguém aposta que o mexicano não vença mais corridas este ano.

Alonso também já venceu em Monte Carlo (2006 e 2007) e, se fizer uma boa largada e/ou algo de anormal suceder na qualificação, pode sair da primeira curva (Sainte Dévote) na liderança — e, nessa altura torna-se imediatamente favorito à vitória. Quem quiser submeter apostas ao vivo deverá estar atento; as casas de apostas quererão mudar as odds enquanto os bólides aceleram, nessa primeira volta da corrida, pela subida do Beau Rivage e estabilizam em Massenet rumo à Praça do Casino!

Ponha-se à prova e submeta apostas para o Grande Prémio do Mónaco

Este ano, o GP de Mónaco promete ser mais emocionante do que nunca. Convidamos todos os fãs da Fórmula 1 a apostar nos seus pilotos favoritos e a experimentar a emoção desta prova, com os pneus a beijar os rails curva após curva, volta após volta. Não perca a hipótese de se juntar à ação e sentir a adrenalina enquanto os melhores pilotos do mundo aceleram pelas ruas de Monte Carlo.

Foto de capa: FIA

Artigo patrocinado

PUB
PD- Revista Sabe bem