Comida Fresca - Dia dos Namorados - PD

Ajude o seu filho a desenvolver a capacidade de concentração e foco!

Ajude o seu filho a desenvolver a capacidade de concentração e foco!

Muitas vezes somos chamados à escola porque os nossos filhos estão constantemente distraídos, sem foco e com dificuldades de concentração. Isso implica, muitas vezes, maus resultados escolares, menos empenho nas tarefas e desmotivação para os estudos. É como uma bola de neve, sem concentração não há aprendizagem efetiva e, consequentemente, há maus resultados, que geram desmotivação e resistência aos estudos.

Esta realidade é vivida diariamente em todas as salas de aula e por muitas crianças. Não há dúvidas que é uma situação difícil de solucionar para qualquer professor, porém, também é complicado para os pais, pois torna-se complexo encontrar estratégias e ferramentas que estimulem a concentração dos seus filhos.

Permita esta reflexão: Quantas vezes reclama porque o seu filho não tem atenção? Muitas… e na escola acontece, exatamente, a mesma coisa.

Porém, é importante perceber que ao longo do dia as crianças vão alternando momentos de atenção, com momentos de desatenção. E, está tudo bem!

O que acontece é que, geralmente, eles só se concentram naquilo que, verdadeiramente, lhes interessa. Verdade?

Então, apresento quatro dicas que poderão ajudar o seu filho a concentrar-se nas tarefas escolares.

1. Exija menos e ensine-o a estudar.
Muitas vezes a nossa preocupação, enquanto pais, é saber se o nosso filho já estudou, e antes disso, deveríamos perceber se sabe estudar.
Se perceber que o seu filho não tem método de estudo, ensine-o a estudar.
Há imensas técnicas de estudo divertidas que podem ser postas em prática e, dessa forma, motivar ao estudo e à realização das tarefas.
Lembre-se que se ficarmos o tempo todo a pressionar e a exigir que eles façam uma coisa que não sabem, isso irá diminuir cada vez mais a motivação escolar.

2. Determina um horário de estudo

A criança já tem uma rotina diária: ir à escola, almoçar, ver televisão, lanchar, jogar no telemóvel…
Estabeleça, também, um horário fixo para estudar. Criem juntos um plano semanal onde incluem as tarefas de cada dia e abranjam 20 ou 30 minutos de estudo diário.
Se não tem trabalho de casa, combinem que deve rever o que estudou nas aulas, ou reler a matéria que teve mais dificuldades, no dia. Por vezes, só rever ou repetir os exercícios é o suficiente para assimilar os conteúdos dados e reforçar aprendizagens.
Ao fazer isto, diariamente, o seu filho criará um hábito, até que chegará o dia em que já não vai reclamar e terá mais foco nos momentos de estudo.

3. Aproveite a boa energia
Não adianta querer que o seu filho estude antes de ir para a cama, quando está com sono. É importante, que tenha presente que as crianças passam 7 a 8 horas, por dia, na escola e grande parte desse tempo a trabalhar. Ao fim do dia estão cansados.
O ideal é encontrar o momento em que nota o seu filho com mais energia, e aproveitar uns 20 a 30 minutos para ele estudar.
Desta forma, terá mais concentração, vai aprender de forma mais efetiva e vai-se lembrar dos conteúdos com mais facilidade.

4. Sê uma pessoa divertida

Vá para o mundo da criança, não queira que ele vá para o seu mundo. As crianças gostam de brincar, gostam de se divertir.
Então, transforme o estudo num momento divertido e lúdico. Brinque, ria, jogue com o seu filho.
Podem fazer dos trabalhos um desafio. Vou dar-lhe exemplos: Ele tem de fazer uma cópia? Sugira um desafio: “Filho, vamos ver quem copia este texto mais depressa e com a escrita mais bonita?” E faz o desafio com ele.  Ele vai completar mais depressa, vai estar mais concentrado na tarefa, pois está num desafio, e vai fazê-lo com uma caligrafia cuidada.
Vai ter ficha de avaliação? Peça-lhe que seja ele a fazer-lhe as perguntas que poderão sair no teste. Vai estar atento e recetivo para perceber se falha, irá ajudá-la nas respostas e ao mesmo tempo estará a fixar os conteúdos. Tente fazer do estudo um momento divertido e partilhado com a família.
Vai ver que estas quatro dicas irão ajudar o seu filho a ter mais concentração, foco e motivação nos estudos.

Para terminar, deixo-lhe algumas sugestões de atividades que pode aplicar, agora, nas férias de Verão. São ideias para trabalhar as capacidades de concentração e foco: sopa de letras – este exercício para além de ser excelente para a concentração visual, é muito bom para estudar português de forma divertida; Jogos em família – jogo da memória, dominó, puzzles e xadrez –são brincadeiras distintas para estimular o raciocínio lógico, a concentração e  o foco;  Jogos interativos – alguns jogos (no telemóvel/tablet ou computador) são excelentes opções para adquirir mais conhecimento e estudar de maneira divertida. Quando a brincadeira envolve perguntas e respostas, é possível descobrir várias novidades, aumentar o repertório do seu filho, trabalhar a concentração, e tem sempre a possibilidade de direcionar a atividade de acordo com a necessidade do seu filho.

Isabel Bettencourt
Professora | Coach Escolar

PUB
www.pingodoce.pt/produtos/comida-fresca-takeaway/encomendas/menu-seleccao-do-chef/menu-dia-dos-namorados-3/?utm_source=cm&utm_medium=cpc&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=diadosnamorados&utm_campaign=menudochef