PUB
CMPorto

Águas do Porto regista recorde de ocorrências em janeiro

Águas do Porto regista recorde de ocorrências em janeiro

Durante o mês de janeiro, a empresa municipal Águas do Porto registou um recorde absoluto de 85 ocorrências, um aumento exponencial, de cerca de 30%, comparativamente ao período homólogo de 2020. 

A informação foi divulgada pela Câmara Municipal do Porto, que adianta que “o volume anormal” de roturas de conduta verificadas na cidade nos últimos dias se explica pelo “intenso frio que se tem feito sentir”. “Provoca a contração dos materiais das condutas e dos ramais no subsolo, provocando estragos que vão desde fissuras e brechas nas junções das condutas plásticas, até à quebra total nas condutas mais antigas, de materiais mais fragilizados”. 

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Sublinhando que a empresa “tem equipas em permanência no terreno para minimizar o impacto destas ocorrências”, redobrando esforços e reforçando meios para que os portuenses não sintam o impacto da rotura por mais tempo do que o estritamente necessário, o município explica que a prioridade tem sido dada à reativação do abastecimento de água o mais depressa possível. 

“Face ao número anormal de ocorrências, a reposição do pavimento nem sempre é possível em tempo útil. No entanto, a Águas do Porto e os serviços municipais de Mobilidade e Transportes têm vindo articular-se para agilizar esse trabalho, tendo em conta as regras de segurança e o tipo de pavimento a aplicar”, salientou. 

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz