PUB
PD - Revista Sabe Bem

AEP quer investimento comunitário na ferrovia a Norte e Centro para transportes de mercadorias

AEP quer investimento comunitário na ferrovia a Norte e Centro para transportes de mercadorias
O presidente da Associação Empresarial de Portugal (AEP) considera que o próximo quadro comunitário de apoio deve servir para Portugal se tornar “mais central na Europa”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Paulo Nunes de Almeida considera prioritário o investimento na ferrovia para transporte de mercadorias, em especial para servir as regiões do Norte e do Centro.
“No momento em que vamos entrar na gestão do novo quadro comunitário de apoio, essa alternativa da ferrovia no transporte de mercadorias, em especial para servir a região Norte e a região Centro, parece-nos que é fundamental”, defendeu o presidente da AEP.
De acordo com o responsável, a AEP, em conjunto com a Associação Industrial do Minho e com o Conselho Empresarial do Centro, “entendem que a ferrovia tem que ser cada vez mais encarada como uma alternativa à rodovia, desde que tenha um bom serviço e um bom preço”.
“Nesse sentido, o que estas três instituições têm defendido é que tem que haver uma ligação a Espanha saindo de Sines e uma que, a Norte, sirva a exportação dos chamados bens transacionáveis. Por isso temos defendido a linha ferroviária Aveiro-Vilar Formoso, que é aquela que nos parece ser a alternativa mais válida para ligar a Espanha”, esclareceu, acrescentando ainda que há “a esperança de que efetivamente essa situação venha a ser considerada”.
“Há hoje um conjunto de fatores – sustentabilidade, tráfego nas rodovias – que apontam cada vez mais para que a ferrovia possa ser uma das alternativas encaradas no transporte das mercadorias”, frisou.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem