PUB
CIN - Branco Perfeito

Abreu Amorim admite abandonar vida política após derrota em Gaia

Abreu Amorim admite abandonar vida política após derrota em Gaia
“Eu não fui capaz de unir o eleitorado natural da coligação ‘Gaia na Frente’ e portanto tenho de fazer uma reflexão profunda sobre se continuo na vida política ou se regresso à minha vida académica”, reconheceu Carlos Abreu Amorim.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

O candidato da coligação PSD/CDS à Câmara de Gaia derrotado este domingo pelo PS, Carlos Abreu Amorim, admitiu hoje que pode abandonar a vida política e regressar à vida académica, depois de uma “reflexão profunda”. “Eu não fui capaz de unir o eleitorado natural da coligação ‘Gaia na Frente’ e portanto tenho de fazer uma reflexão profunda sobre se continuo na vida política ou se regresso à minha vida académica”, reconheceu, em declarações à Lusa, poucos dias depois de ter alcançado um resultado eleitoral de 19,97%, contra os 38,15% dos votos conquistados pelo candidato socialista. Abreu Amorim sublinhou ainda que “todas as carreiras académicas [e] políticas têm altos e baixos”, mas que nenhuma decisão deve ser tomada “a quente”.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile