Sabor do Mês setembro (peixaria) - PD

Abertura do Terminal Intermodal de Campanhã reorganiza transportes

Abertura do Terminal Intermodal de Campanhã reorganiza transportes

O Executivo da Câmara Municipal do Porto vota na reunião desta segunda-feira, dia 18, a alteração da origem e término das linhas do serviço público de transporte rodoviário de passageiros intermunicipal e inter-regional, visto que no dia 20 de julho vai entrar em funcionamento o Terminal Intermodal de Campanhã (TIC).  

De acordo com o portal de notícias da autarquia, no documento, assinado pelo presidente do município, Rui Moreira, recorda-se que, “foi acordado entre as partes que a alteração da origem e o término das linhas intermunicipais e inter-regionais na cidade do Porto teria lugar aquando da entrada em funcionamento dos operadores na nova concessão de serviço público de que a AMP é concedente ou até à entrada em funcionamento do TIC, consoante a data que ocorresse primeiro.”

“Sendo esta uma alteração significativa da rede de transportes públicos rodoviários em funcionamento na cidade do Porto”, frisa Rui Moreira, “deve ser assegurado um período de transição até à produção de efeitos desta medida, com o objetivo de informar os utilizadores, proceder aos necessários ajustes na operação do transporte público, pelos operadores privados e pela STCP, bem como para intervenções de melhoria dos equipamentos, infraestrutura rodoviária e sinalização de trânsito.”

Os terminais e interfaces a utilizar pelos operadores privados de transporte público coletivo rodoviário de passageiros foram já identificados. Segundo o documento anexo à proposta, o Parque das Camélias, na zona da Batalha, vai acolher as linhas intermunicipais provenientes de Vila Nova Gaia (Alheira, Areinho, Camélias, Chãos Vermelhos, Freixieiro, Grijó Outlet-Park&Ride, Igreja de Olival, Interface dos Carvalhos, Pedroso, Póvoa de Baixo, Salgueiros e Vilar de Andorinho), São João da Madeira (CCT), Santa Maria da Feira (Fiães), Arouca (CCT) e Oliveira de Azeméis (centro).

O Terminal Intermodal de Campanhã irá receber as linhas intermunicipais provenientes de Gondomar (Alto de Barreiros, Gramido, Medas, Souto), do Porto (Estação de Campanhã), de São João da Madeira (CCT), de Paredes (Sarada) e de Penafiel (Sebolido).

Quanto ao interface da Casa da Música, este vai acolher as linhas intermunicipais da Maia (Aeroporto), Matosinhos (Cabanelas e Lionesa), Vila Nova de Gaia (Afurada e Madalena) e Santa Maria da Feira (Nogueira da Regedoura).

O interface do Estádio do Dragão recebe as linhas intermunicipais de Gondomar (Baguim, Seixo e Souto), Valongo (Ermesinde) e Paredes (CESPU), e o terminal do Viso as linhas intermunicipais da Maia (Aeroporto).

Simultaneamente, o polo intermodal da Asprela vai receber as linhas intermunicipais de Gondomar (Forno, H. Fernando Pessoa e Souto), da Maia (centro e Vila da Luz), de Matosinhos (Mar Shopping e Marginal Leça), Valongo (Sobrado), Póvoa de Varzim (CCT), Trofa (Coronado), Paços de Ferreira (Modelos), Paredes (centro, Lordelo), Penafiel (centro, Chãos de Baixo), Lousada (centro), Santo Tirso (ER e ERF) e Famalicão (CCT).

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/um-regresso-saboroso-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=23092022-edicao69utm_campaign=sabebem