PUB
CIN - Branco Perfeito

“A peça que dá para o torto” regressa em julho ao Coliseu do Porto

“A peça que dá para o torto” regressa em julho ao Coliseu do Porto

Depois do sucesso interrompido no último ano, devido à pandemia de covid-19, “A peça que dá para o torto” regressa ao Coliseu do Porto nos dias 1, 2 e 3 de julho, neste dia com duas sessões. 

De acordo com a organização, os bilhetes adquiridos para as sessões agendadas anteriormente no Porto são válidos para as novas sessões, não sendo necessário efetuar qualquer troca. “Quem tiver bilhetes para uma quinta-feira, deverá assistir ao espetáculo de dia 1 julho, quinta-feira, e sucessivamente”. 

O espetáculo estará também no Auditório dos Oceanos, em Lisboa, onde tem marcado um ensaio solidário para o dia 20 de abril, cuja receita reverte a favor da Casa do Artista. 

Recorde-se que “A peça que dá para o torto” estreou em Londres há cinco anos e, desde então, já passou por mais de 30 países, nomeadamente Alemanha, Itália, Bulgária, Argentina, Hungria, França, Polónia, Turquia, Austrália, Japão, Finlândia e Grécia.  

A peça conta a história de um assassinato de contornos misteriosos, que aconteceu na década de 1920. “Os investigadores vão ter de perceber quem é o assassino e, não fosse esta a peça onde tudo dá para o torto, no final o assassino seria descoberto sem qualquer inconveniente. O problema é que, pelo meio, há́ toda uma série de desgraças hilariantes que acontecem quando menos se espera. Desde portas encravadas, objectos a cair e actores que se esquecem das deixas”, destaca a sinopse do espetáculo.  

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Já arrecadou diversos prémios importantes, como Escolha do Público da Broadway.com para Novo Espetáculo de Teatro, Broadway World para Melhor Novo Espetáculo de Teatro, Broadway World para Melhor Desenho de Som e Melhor Encenação. Além disso, ganhou ainda o Prémio da Crítica para Melhor Produção Comercial (Hungria), Especial Haldun Dormen para Melhor Comédia ou Musical (Turquia) e o Molière para Melhor Comédia (França), entre muitos outros.  

Segundo os promotores, o público deve apresentar-se neste espetáculo “preparado com um analgésico e uma garrafa de água pois há riscos sérios de o espetáculo causar dores… de tanto rir!”.  

No Coliseu do Porto, o espetáculo acontece às 21h30 nos dias 1, 2 e 3 de julho. No sábado, 3 de julho, há ainda uma sessão às 16h00. 

Os preços dos bilhetes variam entre os 18 e os 25 euros. 

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz