RECHEIO 50 ANOS

A história das primeiras civilizações humanas em exposição na U.Porto

A história das primeiras civilizações humanas em exposição na U.Porto

Pela primeira vez em várias décadas, uma coleção de 250 peças arqueológicas e etnográficas representativas das primeiras civilizações humanas estará exposta ao público no Porto. Intitulada “Culturas e Geografias”, a exposição inaugura esta quinta-feira, dia 5 de dezembro, pelas 18h00, no Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto.

Integrada nas comemorações do centenário da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, a mostra dará a conhecer “as coleções que integraram o acervo museológico e artístico original daquela escola”, o que permitirá “uma viagem pela história das civilizações, durante a qual os visitantes poderão explorar vivências e rituais das primeiras comunidades humanas em cada um dos cinco continentes”, explica a instituição, em comunicado enviado à VIVA!.

“Destacam-se particularmente os núcleos da Melanésia – único a nível ibérico, que permite observar a utilização de madeiras e fibras vegetais pelas comunidades do Pacifico –, da Mesoamérica, com um curioso conjunto de escultura Azteca, e do Antigo Egipto, que constitui a segunda maior coleção de antiguidades faraónicas conservadas em Portugal”.

De referir que, como realça a U.Porto, esta é uma coleção única em Portugal, que chegou ao país em 1926, proveniente do Museu de Berlim, depois dos governos português e alemão acordarem a troca do espólio arqueológico apreendido durante a I Guerra Mundial no navio germânico Cheruskia, proveniente de Bassorá (atual Iraque), transportando as peças resultantes de uma expedição alemã à antiga Mesopotâmia.

As valiosas peças assírias apreendidas haveriam de ser colocadas à guarda do então Museu de Arqueologia Histórica da Faculdade de Letras da U.Porto, para serem devolvidas à Alemanha, oito anos após o Armistício, em troca desta coleção de peças do Museu de Berlim, originárias de distintas culturas e geografias, representando as primeiras civilizações humanas.

A coleção seria então incorporada nas sala-museu da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, assumindo um papel didático junto da comunidade, mas viriam a dispersar-se por outros museus universitários depois do encerramento forçado daquela faculdade pela Ditadura Militar em 1931.

Esta será, assim, uma oportunidade única para admirar de novo este acervo reunido pela primeira vez nas últimas oito décadas. Organizada em parceria com o Museu Nacional de Soares dos Reis, a exposição “Culturas e Geografias” estará patente no Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto até 19 de julho de 2020, podendo ser visitada de terça-feira a domingo, entre as 10h00 e as 18h00.

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/sinta-o-natal-com-a-sabe-bem/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=sabebem70&utm_campaign=sabebemfazbem