CIN - VinylMatt

“À Espera de Godot” sobe ao palco do São João

“À Espera de Godot” sobe ao palco do São João

Nove meses depois de se ter estreado, em live streaming, no Teatro Nacional São João (TNSJ), devido às restrições impostas pela pandemia de covid-19, “À Espera de Godot”, o clássico de Samuel Beckett, que conta com encenação do romeno-húngaro Gábor Tompa, sobe esta sexta-feira ao palco do teatro para um reencontro presencial com o público.

“Vladimir e Estragon (Didi e Gogo, respetivamente) são os protagonistas desta história, nunca se separando do início ao fim da peça. Numa estrada, junto a uma árvore, os dois entretêm-se com jogos e picardias – no início, Estragon entrega-se à tarefa infrutífera de descalçar a sua bota esquerda, acabando por desistir, exausto, e pedir ajuda a Vladimir –, rindo e chorando, discutindo tudo, enquanto aguardam por alguém que não chega, que nunca chega: Godot. Beckett sempre se recusou a identificar esta personagem-mistério, porque apenas lhe interessava realçar o que acontece enquanto esperamos”, adiantam os promotores.

Para Gábor Tompa, nome cimeiro da cena internacional e presidente da União dos Teatros da Europa, “À Espera de Godot” não é uma peça sombria. Mostra, apenas, que “não há soluções fáceis, que a vida é difícil, realmente difícil, mas que há sempre algo mais”. Prova disso, segundo avança, é o comportamento das personagens em palco, que, apesar da sua existência precária, sabem que estão dependentes uma da outra, transparecendo no espetáculo as mensagens da solidariedade, interdependência, amizade e família.

“À Espera de Godot” pode ser visto no palco do Teatro Nacional São João até ao dia 19 de dezembro, com récitas de quarta-feira a sábado às 19h00 e ao domingo às 16h00. O preço dos bilhetes varia entre os 7,50 e os 16 euros.

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=peixe&utm_campaign=sabordomes