PUB
Recheio 2024 Institucional

5 destinos para uma escapadinha a menos de 1h30 do Porto

5 destinos para uma escapadinha a menos de 1h30 do Porto

Deixe-nos adivinhar: os dias estão a ficar maiores e o que caía mesmo bem era um passeio para espairecer a cabeça e aproveitar a natureza. A altura não podia ser melhor, até porque vêm aí alguns feriados, o verão está aí ao virar da esquina e o que não falta são sítios bonitos nas redondezas.

Sendo assim, a VIVA! sugere-lhe cinco sítios ideais para um passeio de primavera, que fiquem a menos de uma hora e meia da cidade do Porto. Se quer dar um passeio que não seja nem muito perto nem muito longe, este artigo é mesmo para si.

Posto isto, vamos às sugestões.

Arouca

Fica a cerca de 1 hora de caminho, a partir do Porto. Se se questionar porque é que deve ir a Arouca, não se preocupe, nós respondemos. Desde já, tem umas paisagens deslumbrantes e uma riqueza natural ímpar.

Sabia que em Arouca existe o Geoparque Mundial da UNESCO? É o local perfeito para ir de manhã e sentir a frescura da região. Outro grande ex-libris da zona, para aqueles que gostam de caminhar, são os Passadiços do Paiva. No entanto, atenção! Se for fazer os passadiços, treine bem antes, porque o mais provável é chegar ao fim a transpirar.

Ah, e convém não esquecer aquilo que o povo mais gosta: comer, é claro. Arouca é uma região muito conhecida pela qualidade da sua carne. Já experimentou a posta arouquesa? É melhor experimentar, até porque há uma primeira vez para tudo. E depois da primeira, acredite, vem sempre uma segunda.

Gerês

O Gerês dispensa apresentações, certo? Já todos ouvimos falar da sua beleza e nunca é demais relembrá-la. Fica a cerca de 1h30 de viagem, a partir do Porto, mas acredite: vale a pena cada quilómetro feito.

É o único parque nacional de Portugal e oferece uma enorme variedade de atividades para os amantes da natureza, desde caminhadas e escaladas até observação de aves e pesca.

Tem cascatas, lagoas e trilhos absolutamente fascinantes e, pelo meio, é capaz de encontrar aldeias encantadoras. É o destino perfeito para fazer uma pausa da agitação da cidade.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Resende

Resende fica a cerca de 1h15 do Porto e é o sítio ideal para dar um bom passeio, em dias de sol e bom tempo. Provavelmente já ouviu falar nesta região por causa das cerejas, que são bem conhecidas pela sua qualidade. E que tal juntar o útil ao agradável e ir conhecer a zona, levando uma caixinha de cerejas para casa?

Em Resende, pode usufruir da beleza das paisagens ribeirinhas, de monumentos e até de cruzeiros fluviais verdadeiramente encantadores. Se procura relaxar e abstrair-se da agitação, é um sítio perfeito.

Castro Daire

Vamos passar, agora, para as montanhas, porque é hora de dar um saltinho a Castro Daire. Fica a cerca de 1h30 do Porto e caracteriza-se pelas suas belas paisagens montanhosas.

A Serra da Montemuro tem muito encanto no inverno, é certo, no entanto, acredite: na primavera, também o tem. Pode, ainda, visitar o bonito Miradouro de Castro Daire e as ruínas da Muralha das Portas do Montemuro.

Com os dias a aumentar, pode ser uma excelente ideia experimentar o ambiente acolhedor da serra, por um dia, e usufruir da beleza do Rio Paiva, por exemplo. Isso e se quiser dar um saltinho a Lamego são só 20 minutos. Parece um dia bem passado, certo?

Douro Vinhateiro

Para acabar as sugestões em beleza, fica a dica: e que tal experimentar o Douro Vinhateiro? Não lhe falamos numa cidade em específico, mas numa região, que, diga-se de passagem, tem beleza para dar e vender.

Fica a cerca de 1h20 do Porto e parece um autêntico retrato extraído de um filme da Disney. Desde as paisagens vinícolas, às quintas centenárias, aos cruzeiros no rio Douro, até às provas de vinho, o difícil é mesmo explorar tudo em apenas um dia.

Dentro desta região, sugerimos-lhe em particular que passe pela zona do Peso da Régua, ou até mesmo do Pinhão.

Ficam, desta forma, feitas as sugestões, para uma escapadinha. Em Portugal e, em particular, na zona norte, o que não falta são zonas bonitas, no entanto, às vezes é preciso um “empurrãozinho” para o incentivar a passear. Sendo assim: bons passeios!

Fotografia: FB Gerês
PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem