PUB
Philips S9000

46% das casas vendidas no Porto localizam-se no centro histórico

46% das casas vendidas no Porto localizam-se no centro histórico
O centro histórico é já a segunda zona mais cara da cidade, com um preço médio de venda de 1.481 euros/metro quadrado.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

De acordo com indicadores avançados pela Confidencial Imobiliário no âmbito do SIR – Sistema de Informação Residencial, 46% dos fogos vendidos no Porto, entre abril de 2014 e março de 2015, localizavam-se na União de Freguesias do Centro Histórico do Porto. Esta é já a segunda zona mais cara da cidade, com um preço médio de venda de 1.481 euros/metro quadrado. O mercado residencial mais caro na cidade está localizado na União das Freguesias de Aldoar, da Foz do Douro e de Nevogilde, com um preço médio de 1.839 euros/metro quadrado.
A publicação indica ainda que, no contexto metropolitano, o concelho do Porto concentrou 45% das vendas habitacionais realizadas no referido período (ao preço médio de 1.321 euros/metro quadrado), seguido dos concelhos de Gaia e Matosinhos, com pesos de 16% e 12% e preços médios de 859 e 1.074 euros/metro quadrado, respetivamente.
Entre o segundo trimestre de 2014 e o primeiro trimestre de 2015 foram transacionados na Área Metropolitana do Porto um total de 721 imóveis a um preço médio de 1.064 euros/metro quadrado.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem