PUB
Recheio 2024 Institucional

30 mil LEDs vão iluminar a cidade do Porto até julho

30 mil LEDs vão iluminar a cidade do Porto até julho

A cidade Invicta vai instalar, até julho, 30 mil luminárias LED a fim de “alcançar patamares cada vez mais elevados de eficiência energética”. Proveniente do Pacto do Porto para o Clima, iniciativa da Câmara Municipal, que visa alcançar a neutralidade carbónica até 2030, esta medida vem permitir reduzir para menos de metade o consumo de energia na via pública, “o que significa uma diminuição na emissão de gases e uma poupança de custos anual superior a um milhão de euros”.

“O Pacto do Porto para o Clima é essencial para garantir qualidade de vida na cidade, mas especialmente para assegurar um futuro sustentável para os nossos filhos e gerações vindouras”, afirma Filipe Araújo, vice-presidente da Câmara Municipal do Porto, citado pelo portal de notícias da autarquia.

Dentro da mesma proposta, ainda este ano, a cidade irá dispor de 267 carregadores de veículos elétricos na rede municipal, “garantido uma resposta eficaz ao aumento deste tipo de mobilidade”.

Recorde-se que, segundo a mesma fonte, desde 2021, toda a energia elétrica consumida pelo município do Porto foi, comprovadamente, produzida a partir de fontes renováveis. Uma realidade também nas empresas municipais Águas e Energia do Porto, Ágora, Porto Ambiente e GO Porto.

A cidade está, ainda, a “afirmar-se como produtor de energia limpa de base solar, garantindo também a sua independência energética”, recorda Filipe Araújo, também responsável pelos pelouros da Inovação, Ambiente e Transição Climática, sendo que uma das estratégias neste propósito é “utilizar os telhados de mais de 50 bairros sociais para produzir 6 MW de energia renovável, servindo diretamente quase 30 mil pessoas”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Também a ETAR do Freixo e o Parque da Cidade serão alvos de intervenções no que respeita à “produção de energia a partir da exposição solar”, promovendo a sustentabilidade destes locais.

Recorde-se que foi criado, ainda, o Porto Energy Hub, um balcão de aconselhamento em formato online e presencial, no Gabinete do Munícipe, que visa informar as famílias portuenses dos métodos necessários para reduzir custos energéticos e “melhorar o conforto térmico em casa”.

De acordo com a mesma fonte, o Pacto do Porto para o Clima conta com o Alto Patrocínio da Presidência da República e já reúne mais de 200 subscritores.

Foto: Miguel Nogueira

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem