Campanha PD - Whatsup

2020: o ano em que Portugal registou menos casamentos

2020: o ano em que Portugal registou menos casamentos

O último ano foi aquele em que se registaram menos casamentos em Portugal. A informação foi avançada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), que sublinha que em causa terá estado “a declaração do primeiro estado de emergência, a 18 de março de 2020, e as respetivas medidas de contenção da pandemia”.

De um total de 18.902 casamentos realizados, o mês de abril foi aquele em que se verificou uma descida mais acentuada, com apenas 117 casamentos registados nesse mês, o que corresponde a menos 93,4% comparativamente ao período homólogo de 2019.

O Norte foi a terceira região onde esta descida foi particularmente sentida (menos 44,2%), depois da região do Algarve e Centro, onde se registaram, respetivamente, menos 50,8% e 46,4% casamentos.

“Na última década, o número de casamentos esteve sempre acima dos 30.000 e, desde que há registos, nunca se verificou um valor tão baixo”, sublinhou o INE. Ao longo de 2020 registaram-se, no total, menos 14.370 casamentos do que em 2019, ou seja, quase metade dos realizados no ano transato.

Dos quase 19 mil casamentos realizados, 18.457 aconteceram entre homens e mulheres, 236 entre homens e 209 entre mulheres.

De acordo com os dados divulgadores, a maioria dos casamentos entre homens e mulheres aconteceu pelo civil (87,2%), 12,3% realizaram-se pelo rito católico e 0,6% por outras formas religiosas.

PUB
api.whatsapp.com/send?phone=+351939990111&text=Ol%C3%A1

Viva! no Instagram. Siga-nos.