PUB
Sogrape - Mateus Rosé

2014 vai ser “o melhor ano de reabilitação urbana no Porto”

2014 vai ser “o melhor ano de reabilitação urbana no Porto”

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
Até ao final de setembro, foram registados 850 pedidos de licenças para reabilitação urbana de edifícios no centro histórico da cidade, que “correspondem a um crescimento de 70% relativamente ao ano passado”.

O presidente do Conselho de Administração da Porto Vivo, Álvaro Santos, afirmou esta quinta-feira que 2014 vai ser o melhor ano de reabilitação urbana na cidade, em particular no centro histórico. Em declarações à Lusa, a propósito da conferência internacional “CSI Europe: City Sustainable Investment in Europe – Making financial instruments work for cities”, a decorrer no Porto, o dirigente sublinhou que, hoje, “os indicadores são muito positivos”. “2014 foi o melhor ano de reabilitação urbana no Porto e em particular no centro histórico. Mas naturalmente que nós temos a ambição de facilitar ou promover um crescimento exponencial desta reabilitação urbana”, sustentou.
De acordo com Álvaro Santos, até ao final de setembro, foi atingido um número de 850 pedidos de licenças para reabilitação urbana de edifícios no centro histórico da Invicta, que “correspondem a um crescimento de 70% relativamente ao ano passado todo”. Até ao final de dezembro, o número deverá chegar aos mil. “Há vários fatores que contribuem para isto mas não nos podemos desligar do papel e de todo o passado e experiência acumulada que a Porto Vivo tem vindo a desenvolver ao longo dos últimos dez anos e que possibilitou que 2014 vá ser o melhor ano de reabilitação urbana no Porto”, referiu.

PUBLICIDADE