PUB
Recheio 2024 Profissional

#1 O Porto em Palavras: “O Porto é só…”, de Eugénio de Andrade

#1 O Porto em Palavras:

“O Porto é só uma certa maneira de me refugiar na tarde, forrar-me de silêncio e procurar trazer à tona algumas palavras, sem outro fito que não seja o de opor ao corpo espesso destes muros a insurreição do olhar.
O Porto é só esta atenção empenhada em escutar os passos dos velhos, que a certas horas atravessam a rua para passarem os dias no café em frente, os olhos vazios, as lágrimas todas das crianças de S. Vítor correndo nos sulcos da sua melancolia.
O Porto é só a pequena praça onde há tantos anos aprendo metodicamente a ser árvore, aproximando-me assim cada vez mais da restolhada matinal dos pardais, esses velhacos que, por muito que se afastem, regressam sempre à minha vida.”

Eugénio de Andrade, in ‘Poesia e Prosa [1940-1980]

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Sobre o autor: Eugénio de Andrade foi um renomado poeta português nascido na Póvoa da Atalaia, no concelho do Fundão, em 19 de janeiro de 1923, com o nome de José Fontinhas. Reconhecido pelo seu estilo lírico e intimista, Andrade é considerado um dos grandes poetas do século XX em língua portuguesa. Ganhou numerosos prémios literários, incluindo o Prémio Camões em 2001, sendo que em 1982 foi-lhe atribuído o título de Grande Oficial da Ordem de Sant’Iago da Espada, e, em 1988, recebeu a Grã-Cruz da Ordem de Mérito. Foi, também, homenageado pelo município do Porto com a Medalha de Mérito em 1985, seguida da Medalha de Honra da Cidade em 1989.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile