PUB
Recheio 2024 Institucional

1 de Junho é Dia da Criança: porquê?

1 de Junho é Dia da Criança: porquê?

Há mais de seis décadas, a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu o Dia Mundial da Criança com a finalidade de destacar os direitos e o bem-estar das crianças. 

Atualmente, a pobreza é um dos maiores desafios enfrentados por essa faixa etária. De acordo com a Rádio Renascença, em 2020, cerca de 356 milhões de crianças viviam em extrema pobreza.

A origem do Dia da Criança remonta a 1925, durante a Conferência Mundial para o Bem-Estar da Criança, realizada em Genebra. Foi nessa ocasião que surgiu a ideia de criar o Dia Internacional da Criança. 

No entanto, somente em 1959, a ONU reconheceu oficialmente o dia 20 de novembro como o Dia Mundial da Criança, data que marca a aprovação da Declaração Universal dos Direitos da Criança.

Qual o motivo da escolha do dia 1 de junho?

Embora a ONU tenha estabelecido o dia 20 de novembro, muitos países, incluindo Portugal, optaram por celebrar o Dia da Criança em 1 de junho. Esta data foi escolhida por diversas nações, enquanto outras adotaram diferentes dias. 

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Por exemplo, no Brasil, o Dia da Criança é comemorado a 12 de outubro. Não há uma data universalmente fixada.

Posto isto, o principal objetivo do Dia Mundial da Criança é colocar a criança no centro das atenções, discutindo e chamando a atenção para os problemas que afetam os mais jovens ao redor do mundo. 

Como reforça a mesma fonte, a pobreza é uma das questões mais críticas para essa faixa etária. Pouco antes da pandemia, o Banco Mundial estimava que uma em cada seis crianças vivia em extrema pobreza, um número que provavelmente aumentou significativamente desde então, atingindo cerca de 356 milhões de crianças.

Portugal não é dos países com a situação mais difícil para as crianças, mas isso não quer dizer que não enfrente desafios significativos. O risco de pobreza infantil é um problema crescente no país, de acordo com relatórios de organismos independentes. 

A data em questão prima por relembrar que as crianças também têm direito à alimentação, saúde, educação, liberdade de expressão e pensamento, assim como todos os cuidados que um ser em construção merece.

Assim sendo, nada melhor do que celebrar este Dia da Criança ao interagir e criar momentos de diversão com os mais novos. Afinal de contas, o que estes mais gostam é de momentos recreativos e de muita animação.

Fotografia: Pexels
PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz