CIN - Branco Perfeito

Vila do Conde Blues Festival regressa em fevereiro

Vila do Conde Blues Festival regressa em fevereiro

De 21 a 23 de fevereiro, o Villa Sessions – Vila do Conde Blues Festival está de regresso e traz, pela primeira vez a Portugal, Stephen Dale Petit, Chris Wragg e Greg Copeland, Mandolin Blues e Jay Doe & The Blues Preachers.

No primeiro dia do festival, 21 de fevereiro, o destaque vai para Chris Wragg e Greg Copeland, qua atuam às 22h30. A dupla, unida pela paixão pelo blues de Chicago, lançou o primeiro álbum em 2019, “Deep in the Blood”, que inclui, como convidados especiais, Greg Guy na guitarra, Shirley King na voz, Marcos Coll e Joel White. Uma hora antes, às 21h30, os portugueses L-Blues abrem o festival com sonoridades folk, country, blues e rock.

No dia seguinte, 22 de fevereiro, o cabeça de cartaz é o guitarrista, cantor, compositor de blues, Stephen Dale Petit, que sobe ao palco às 22h30. Às 21h30, Jay Doe & The Blues Preachers trazem de Espanha o blues clássico. “Em palco, vão interpretar música blues de raiz afro-americana, desde os clássicos a composições originais”, realça a nota enviada à VIVA!. Os portugueses The Fridays tocam às 16h30 com a promessa de uma experiência musical orgânica que revisita os sucessos dos anos 50, 60 e 70.

O terceiro e último dia do festival, no domingo, dia 23, leva a Vila do Conde Lino Muoio e o seu Mandolin Blues para um concerto, às 16h00, com entrada gratuita. O guitarrista e compositor faz parte da cena musical do blues italiano há mais de 20 anos. “O seu som é uma mistura entre a música tradicional americana e o estilo italiano”.

Os bilhetes diários estão à venda no Auditório Municipal de Vila do Conde e na rede da Bilheteira Online e custam 12,50€. Já o bilhete geral, que dá acesso a todos os concertos, tem um custo de 20€.

A antecipar o Villa Sessions – Vila do Conde Blues Festival, o Auditório Municipal recebe, no próximo dia 1 de fevereiro, às 21h30, um concerto dos Stonebones & Bad Spaghetti, “uma das poucas bandas portuguesas de Bluegrass”. “Resultado de uma fusão entre o blues, o jazz e a folk, este estilo musical originário dos anos 40 é uma forma de música popular norte-americana característica do sul dos Estados Unidos com raízes na música tradicional das montanhas Apalaches”, explicam os promotores. Os bilhetes para este concerto custam 5 euros.

Organizado pela associação Dream Sessions, o festival conta com o apoio da Câmara Municipal de Vila do Conde e de outros parceiros.

PUB
www.pingodoce.pt/folhetos/?utm_source=cm&utm_medium=cpc&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=etaobompouparassim&utm_campaign=institucional