Revista Sabe Bem PD - julho/agosto

Vai nascer um albergue para surfistas e peregrinos no Mercado de Angeiras

Vai nascer um albergue para surfistas e peregrinos no Mercado de Angeiras

O “Surf House” vai ocupar o piso superior do Mercado de Angeiras, em Matosinhos, num investimento de mais de 700 mil euros.

O Mercado de Angeiras vai ser transformado num albergue para surfistas, peregrinos e população em geral, com aproximadamente mil metros quadrados e capacidade para 70 pessoas. Vai ter seis camaratas de oito utilizadores, tendo três delas sanitários privativos, uma de dez e cinco cabines dormitório privativo para duas pessoas.

Segundo avança a Câmara Municipal de Matosinhos, “a entrada será feita pela fachada nascente. No acesso principal vão estar a zona de receção, o bloco de sanitários e duches comuns e zonas de serviços. Nos extremos nascente e poente, as zonas comuns, como a cozinha, a zona de refeições, a sala de estar, o posto médico, os cacifos e a zona de lavandaria associada a um pátio exterior que permitirá a lavagem de fatos de surf e que estará dotada de suportes de secagem, sala polivalente e um terraço exterior”.

O interior do albergue terá como materiais principais a utilização de painéis de madeira nas cabines privadas e em toda a zona de circulação. Todas as camaratas terão beliches metálicos brancos dotados de cacifos individuais, ponto de luz individual, nicho de apoio com mesa, forras metálicas nas laterais e uma cortina para controlo de luz individual.

Luísa Salgueiro, presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, espera ter este equipamento concluído em 2021, ano Jacobeu, de forma a acolher os peregrinos que fazem etapas do litoral pelo Caminho Português de Santiago.

A gestão do espaço será assegurada por uma entidade externa, através de concurso público.

Foto: CM Matosinhos

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/diga-ola-ao-verao-com-a-sabe-bem/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=sabebem&utm_campaign=sabebem