CMPorto

Uma Análise Breve das Olimpíadas de 2020

Uma Análise Breve das Olimpíadas de 2020

A pandemia de COVID-19 mudou muita coisa ao redor do globo, os esportes são um bom exemplo. O brasileirão, Euro Copa, copa América, UFC e muitos outros foram alterados de uma forma de outra. O caso mais impressionante de todos é sem dúvidas o das Olimpíadas de 2020 que foi adiada para 2021. Para as Olimpíadas serem adiadas ou canceladas é necessário eventos de proporções globais, como uma pandemia. As edições de 1916, 1940 e 1944 também foram canceladas, mas nessas ocasiões foi por causa das grandes guerras que aconteciam. Neste artigo vamos analisar esta edição partindo desde o que aconteceu antes de 2021 até sobre o que podemos esperar para 2021 

O que antecedeu as Olimpíadas de 2020 

Esta edição das Olimpíadas será no Japão, está marcada para 23 de julho de 2021 e vai até 8 de agosto do mesmo ano. Muita coisa aconteceu envolvendo este evento, mas vamos começar pelo elefante na sala, a pandemia de COVID-19. As Olimpíadas estavam marcadas para 24 de julho a 9 de agosto de 2020, mas foi adiada para 2021 devido ao momento horrível que o mundo todo enfrentou. É importante notar que mesmo se o Japão tivesse conseguido controlar o vírus em seu território, a realização do evento ainda seria impossível já que estamos falando de reunir milhares de atletas do mundo todo. 

Além da pandemia, alguns eventos importantes aconteceram, a maioria envolvendo controvérsias. Para começar, o logotipo para esta edição dos jogos, que foi apresentado em 2015, recebeu acusações de plágio e teve que ser substituído. O presidente do Comitê Organizador, Yoshiro Mori, fez declarações de cunho ofensivo contra as mulheres em fevereiro de 2021. Mori acabou renunciando o cargo um pouco depois. Outro problema enorme envolveu os trabalhadores das construções para as Olimpíadas. Um operário cometeu suicídio e as autoridades alegaram que o motivo foi o excesso de trabalho. A fiscalização acabou descobrindo que vários trabalhadores estavam excedendo 150 horas de trabalho extra, havia imigrantes ilegais trabalhando de forma irregular e algumas pessoas foram coagidas a não relatar as condições extremas de trabalho.  

O Brasil nas Olimpíadas

Não é novidade para ninguém que o Brasil nunca foi forte nas Olimpíadas. É bem verdade que o futebol é um esporte Olímpico, mas até nisso não nos saímos bem. A única medalha de ouro olímpica do Brasil no futebol veio em 2016 apenas. O melhor resultado que o Brasil teve em uma Olimpíada foi em 2016, quando foi sede dos jogos. Ficamos na 13ª posição com: 

  1. 7 medalhas de ouro 
  2. 6 medalhas de prata 
  3. 6 medalhas de bronze 

Para essa edição das Olimpíadas, o Brasil entra com um pouco mais de pessimismo. Acontece que o Brasil foi um dos países que mais sofreu com a pandemia no mundo. As consequências disso são desastrosas para nossos atletas. Muita gente não conseguiu treinar regularmente e a coisa toda não para só com os atletas, estamos falando das equipes como um todo, treinadores, equipe medica e etc. Muitas dessas pessoas foram afetadas pela pandemia de um jeito ou de outro, isso definitivamente não ajuda na nossa causa.

As novidades para esta edição 

Além da nova data para o evento, há outras novidades para esta edição. Nas Olimpíadas de 2021 teremos cinco novos esportes, são eles: 

  • Beisebol 
  • Caratê 
  • Escalada 
  • Skate  
  • Surfe 

Alguns especialistas em esportes, pessoas do nível de Luiza Correia, leia mais sobre ela aqui, veem isso com bons olhos, já que temos excelentes atletas no Skate e no Surf. O melhor exemplos disso é Gabriel Medina, que foi recentemente campeão mundial de surf. 

Os Estados Unidos da América são novamente uma força para ser reconhecida

Quando falamos de Olimpíadas, temos que falar sobre OS Estados Unidos da América. Trata-se do país com o melhor desempenho disparado. Os EUA contam com 1127 medalhas de ouro, sendo o que mais tem medalhas de ouro, ao mesmo tempo que o segundo país com mais medalhas de ouro é a União Soviética com 473. Nós também temos que falar sobre Michael Phelps, um nadador profissional. Este sujeito é o que tem mais medalhas de ouro em uma única edição. Foram oito medalhas de ouro olímpicas em 2008 nos Jogos de Pequim. Lembrando que o melhor desempenho do Brasil em uma única edição foi de 7 medalhas de ouro. Michael Phelps se aposentou em 2016 e, assim como Usain Bolt, é visto como um dos melhores de todos os tempos em seu esporte. 

Apostas esportivas nas Olimpíadas 

Tem muita gente que não sabe ao certo se é legal fazer apostas nos jogos olímpicos, a verdade é que sim, não há problema com isso. Tudo depende da legislação do seu país, há algum tempo atrás, o Brasil proibia as apostas esportivas, mas isso mudou com o Governo de Michel Temer. Você também vai ter que procurar por uma casa de apostas legitima para fazer suas apostas. Fora esses detalhes, não há com o que se preocupar, apostas esportivas são uma atividade de entretenimento sem muitas ressalvas. 

Uma dica importante é baixar major sports, um app da casa de apostas Major Sports que pode facilitar sua vida de apostador. 

Considerações finais 

Apesar de toda controvérsia e problemas envolvidos até chegarmos neste ponto, os jogos olímpicos de 2020 vão acontecer. Para os amantes dos esportes, é uma ótima opção de diversão. De uma forma geral, o ano inteiro de 2021 vai ser ótimo para os esportes. Temos as Olímpiadas, a Copa América, a Euro Copa e ano que vem teremos a copa do mundo. 

SEO Title: As Olimpíadas de 2020 vão acontecer em 2021: Uma análise breve 

DESC: As Olimpíadas não foram cancelada, apenas adiadas. A mudança aconteceu por conta da pandemia. Confira uma análise rápida do evento.

Artigo patrocinado

Viva! no Instagram. Siga-nos.