Bairro Feliz - PD

U.Porto cria subsídio de emergência para estudantes afetados pela covid-19

U.Porto cria subsídio de emergência para estudantes afetados pela covid-19

A U.Porto vai atribuir um subsídio de emergência, no valor de 350 euros,  aos “estudantes mais afetados pela pandemia”, revelou na sua página oficial, adiantando que a prestação, que “provem de fundos próprios da instituição”, se destina a “apoiar despesas de alojamento e alimentação”.

De acordo com a informação divulgada, o subsídio será atribuído a “todos os estudantes – nacionais ou internacionais, de todos os ciclos de estudo –” que estejam “a sofrer graves carências económicas e sociais, designadamente desemprego, doença ou outras situações de fragilidade social”.

As candidaturas a este apoio, que arrancam esta segunda-feira, 6 de abril, e terminam na próxima sexta, dia 10, deverão ser feitas no site dos Serviços de Ação Social da U.Porto (SASUP).

Os resultados serão “comunicados até dez dias úteis após o final do período de candidaturas”, informa ainda a instituição, adiantando que “não são elegíveis, para o subsídio de emergência, os estudantes beneficiários de ação social direta (as conhecidas bolsas de estudo já atribuídas no início do ano letivo)”.

Segundo a U.Porto, em causa está um fundo no montante de 52 mil euros, mas este valor “poderá ser reforçado”, de acordo com a evolução da pandemia.

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/um-regresso-saboroso-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=23092022-edicao69utm_campaign=sabebem