PD - PEIXARIA - MAIO

Trace Made In África revela alguns artistas que vão atuar no Porto

Trace Made In África revela alguns artistas que vão atuar no Porto

A primeira edição do festival Trace Made In África decorre entre os dias 24 e 26 de junho, na cidade do Porto.

O festival de música vem também celebrar a cultura africana “através da música, moda, dança, lifestyle e arte”, onde promete dedicar-se a géneros como afrobeat, dancehall, hip-hop, reggae, kizomba e highlife. Além dos concertos, o Trace Made In Africa inclui espetáculos de dança, festas, brunches e palestras, entre outras atividades.

A promotora Apollon avança que o Trace Made in Africa vai contar com “os melhores artistas afro-urban do mundo em festas exclusivas em piscinas, barcos e rooftops“, com “diferentes palcos na Alfândega do Porto e espaços icónicos em zonas diferentes da cidade”.

Apesar de o line-up ainda não estar completamente fechado, já foram revelados muitos dos principais artistas, por exemplo, dia 24 e junho, sexta-feira, a cidade vai ser palco de C4 Pedro, Adekunle Gold, Busiswa, Sauti Sol, Stonebwoy e Tiwa Savage. No sábado marcam presença Admiral T, Joeboy, Mr Eazi, Naza NSG e Yemi Alade. Já no último dia, Fally Ipupa, Fireboy DML, Kriol Kings FT Neslson Freitas & DjodjeSpice, Tayc e Vayb, serão os responsáveis por trazer a cultura africana às ruas do Porto.

A organização do festival anunciou recentemente a venda dos bilhetes diários. Contudo, este não é o único tipo de entradas disponível. Pode conhecer aqui os diferentes bilhetes, bem como as atividades incluídas.

PUB
www.pingodoce.pt/responsabilidade/bairro-feliz/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=candidaturas&utm_campaign=bairrofeliz

Viva! no Instagram. Siga-nos.