PUB
CMPorto

Tecnologia portuguesa vai prever pragas e doenças nas vinhas

Tecnologia portuguesa vai prever pragas e doenças nas vinhas

A portuguesa Signinum Inovação, incubada no Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC) desenvolveu uma tecnologia multiespectral que permite controlar pragas e antever doenças nas vinhas. “Esta solução de imagem espectral é não-destrutiva e pode ser utilizada em diferentes amostras, desde plantas de reduzida dimensão até áreas de cultivo extensas”, explica a empresa em comunicado.

Com esta tecnologia que permite “falar com as plantas” e que está já a ser testada diretamente com os produtores de Vinho Verde, provenientes da região Minhota de Portugal, será possível, em tempo real, “controlar e antever problemas”, como carências nutricionais, pragas, doenças e stress hídrico das culturas, por exemplo.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Carlos Aguiar, diretor da Signinum Inovação, sublinhou que “trabalhar diretamente com os produtores” os ajuda “a perceber as suas necessidades”, permitindo, assim, “ajustar a tecnologia”.

De salientar que esta solução de análise multiespectral de diagnóstico começou por ser aplicada no mercado do património cultural. A empresa, que já recebeu 2,5 milhões de euros de financiamento, aposta, agora, “na área da agro-food e da indústria”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

PUB
Pingo Doce- Revista Sabe Bem