Philips

Portugal está já a viver do crédito ambiental

Portugal está já a viver do crédito ambiental

A partir desta quinta-feira, Portugal começa a gastar recursos que só deveriam ser utilizados no início do próximo ano. Segundo a Global Footprint Network (GFN), o país está a consumir a área produtiva disponível para regenerar recursos e absorver resíduo, deixando assim, uma pegada ecológica pesada.  

Segundo a associação ambientalista ZERO, que anualmente divulga estes dados em parceria com a GFN, “se cada pessoa no Planeta vivesse como uma pessoa média portuguesa, a humanidade exigiria mais de 2 planetas para...

Ver Mais