CMPorto

Outono no Porto: Tempo (também) de sostrice e de laurear a pevide!

Outono no Porto: Tempo (também) de sostrice e de laurear a pevide!

Depois de um ano de trabalho, de muitas incertezas, preocupações, restrições e confinamentos, agora que a pandemia vai permitindo (mas sempre com muita cautela!) nada melhor do que os dias temperados do Outono para umas escapadinhas de fim-de-semana para nos dedicarmos a uma atividade que só nós, que somos do Porto e do Norte, dominamos na perfeição: a sostrice! De facto, em algumas modalidades, não há quem nos tire a medalha de ouro. Essa é uma delas. Outra é laurear a pevide. Mas, meus caros...

Ver Mais

No Porto… em bom PORTOguês

No Porto… em bom PORTOguês

A língua reinventada pelos tripeiros

A língua é só uma, claro, mas o português para os lados do Porto tem que se lhe diga… E é bom, muitas vezes, andar acompanhado de um dicionário local para descodificar o que um tripeiro quer dizer. Se assim não for, o visitante pode bem ficar quilhado, que é como quem diz “a ver navios”. Andámos pela Baixa a tentar perceber as histórias que essa língua nativa, o “PORTOguês”, tem para contar e ficamos a saber, entre muitas coisas, a explicação para expressões como...

Ver Mais

Dicionário à moda do Porto

Dicionário à moda do Porto

Dizem que o Porto tem locais e expressões que só as suas gentes conhecem, um dicionário próprio, designado por glossário tripeiro, e que vai, cada vez mais, além-fronteiras. Com base no “Dicionário de Calão do Porto”, escrito por João Carlos Brito, a VIVA! revela-lhe e explica-lhe o significado de curiosos nomes e expressões portuenses:

– Tripeiro: Designação que se dá aos portuenses, por causa dos sacrifícios que fizeram para apoiar a preparação da armada que partiu, em 1415, para a...

Ver Mais

Recorde algumas expressões do “tempo dos nossos avós”

Recorde algumas expressões do “tempo dos nossos avós”

Possivelmente já “deu com o nariz na porta” algumas vezes, até já terá chegado “a roupa ao pêlo” a alguém e de certeza absoluta que já “bateu o dente” diversas vezes com o típico frio do Norte. Mas será que conhece, realmente, as melhores expressões do “tempo dos nossos avós”? É que algumas já são, como eles dizem, “do tempo da outra senhora”… ora confirme!

Se, porventura, alguém o abordar com essa expressão, saiba que se refere a “coisas que são muito antigas, tão antigas que já não se...

Ver Mais