Sogrape

Investigadores do Porto querem usar cascas de camarão para obter “produtos sustentáveis”

Investigadores do Porto querem usar cascas de camarão para obter “produtos sustentáveis”

Uma equipa de investigadores do Laboratório Associado para a Química Verde (LAQV-REQUIMTE), da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP), vai usar os resíduos das cascas de camarão, que geralmente vão para aterro, para produzir aminas, que podem ser usadas, entre outros, na produção de fármacos, plásticos, detergentes.

Em comunicado enviado à VIVA!, Andreia Peixoto, investigadora do LAQV-REQUIMTE, explica que as cascas de camarão são “ricas em azoto”, o que oferece uma “excelente oportunidade para...

Ver Mais