CMPorto

ISPUP vai estudar a saúde dos adultos que nasceram prematuros

ISPUP vai estudar a saúde dos adultos que nasceram prematuros

HAPP-e, assim se intitula o projeto pioneiro lançada pelo Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP) e que, usando ferramentas digitais, visa avaliar a saúde e qualidade de vida dos adultos que nasceram prematuros, a nível mundial.

Estudar a saúde e a qualidade de vida dos adultos que nasceram prematuros, isto é, com menos de 37 semanas de gestação, a nível global, usando ferramentas digitais. É este o objetivo do HAPP-e, o acrónimo em inglês para “Health of Adult People born Preterm – an...

Ver Mais